Sábado, 5 de Maio de 2007

Your Song

Elton John - Your Song

 

It's a little bit funny, this feeling inside

 I'm not one of those, who can easily hide

I don't have much money, but boy if I did I

'd buy a big house where we both could live.

 

 If I was a sculptor, but then again no,

Or a man who makes potions in a travelling show

 I know it's not much, but it's the best I can do

My gift is my song and this one's for you.

 

And you can tell everybody, this is your song

It may be quite simple but now that it's done,

I hope you don't mind, I hope you don't mind

That I put down in words

How wonderful life is while you're in the world.

 

I sat on the roof and kicked off the moss

Well a few of the verses, well they've got me quite

cross

But the sun's been quite kind while I wrote this song,

It's for people like you, that keep it turned on.

 

So excuse me forgetting, but these things I do

You see I've forgotten, if they're green or they're

blue

Anyway, the thing is, what I really mean

Yours are the sweetest eyes I've ever seen.

 

And you can tell everybody, this is your song

It may be quite simple but now that it's done,

I hope you don't mind, I hope you don't mind

That I put down in words

How wonderful life is while you're in the world.

sinto-me:
publicado por veracruz às 23:35

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Ódio

Ódio por ele?Não…Se o amei tanto,
Se tanto bem lhe quis no meu passado,
Se o encontrei depois de o ter sonhado,
Se à vida roubei todo o encanto…

 

Que importa se mentiu? E se hoje o pranto
Turva o meu triste olhar, marmorizado,
Olhar de monja, trágico, gelado
Como um soturno e enorme Campo Santo!

 

Ah! Nunca mais amá-lo é já o bastante!
Quero senti-lo doutra, bem distante,
Como se fora meu, calma e serena!

 

Ódio seria em mim saudade infinda,
Mágoa de o ter perdido, amor ainda.
Ódio por ele? Não…não vale a pena…

 

Florbela Espanca - Livro de Soror Saudade

sinto-me:
tags:
publicado por veracruz às 22:57

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

PRECISA-SE DE UM AMIGO

PRECISA-SE DE UM AMIGO

Não precisa ser homem, basta ser humano, ter sentimentos.

Não é preciso que seja de primeira mão, nem imprescindível, que seja de segunda mão.

Não é preciso que seja puro, ou todo impuro, mas não deve ser vulgar. Pode já ter sido enganado ( todos os amigos são enganados).

Deve sentir pena das pessoas tristes e compreender o imenso vazio dos solitários.

Deve gostar de crianças e lastimar aquelas que não puderam nascer.

Deve amar o próximo e respeitar a dor que todos levam consigo.

Tem que gostar de poesia, dos pássaros, do por do sol e do canto dos ventos.

E seu principal objetivo de ser o de ser amigo.

Precisa-se de um amigo que faça a vida valer a pena, não porque a vida é bela, mas por já se ter um amigo.

Precisa-se de um amigo que nos bata no ombro, sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo. Precisa-se de um amigo para ter-se a consciência de que ainda se vive.

 

(Carlos Drummond de Andrade )

sinto-me:
tags:
publicado por veracruz às 22:46

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

.Eu.....

.pesquisar

 

.Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Your Song

. Ódio

. PRECISA-SE DE UM AMIGO

.arquivos

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds